sábado, 30 de julho de 2016

O TEATRO E O PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO DE PERSONAS

O teatro humaniza o relacionamento humano, o teatro é uma especie de religião, por comungar a arte com várias personalidades de forma a mostrar a confiança necessária para a composição da cena.

O teatro nasceu critico, tão importante para a essência humana como a arte de interpretar, de dramatizar em cima de um palco.

A dramatização libera endorfina, trabalha o corpo e  a mente.

O Processo de criação, faz com que o texto seja secundário, dentro do processo de organização e sistematização das cenas e atos.

Devemos nos esmerar na liberação da mente, dentro do processo de criação, temos o poder de trabalharmos o imaginário, e torna-ló uma belissima regra de construção de personas.

Ator e Jornalista (Victor Hugo)


terça-feira, 14 de junho de 2016

O TEATRO POLÍTICO E CRÍTICO

O teatro é politico, é critico e é  além de tudo focado nos problemas que atormentam uma sociedade.

Através destas problemáticas vivemos o Teatro dês da época da Grécia antiga até os dias atuais. Confrontando interesses, e prol de um teatro social, da Plebe, pobre em recursos mais ricos em criatividade, em detalhes que beiram o sensorial.

A arte mais sublime é quando estamos num ensaio, quando estamos buscando as repetições das ações, tornando o teatro mais natural para aquele que vê pela primeira vez.

Não existe regra no teatro, não existe um sistema próprio fechado no Teatro, o processo de criação e da criatividade humana que libera endorfina é a unica ação propicia, que é capaz de impor uma ação continua e duradoura durante os anos.

Não existe ator que não lê, a leitura e a busca incessante do conhecimento sendo ele acadêmico ou de conhecimento empírico, é que faz o ator progredir e evoluir peristalticamente .

(Autor: O Teatro politico e o Teatro Critico-Victor Hugo/jornalista e ator)

CRÔNICA:O BRASIL QUE NOS ENVERGONHA E NOS DESPREZA

O BRASIL QUE NOS ENVERGONHA E NOS DESPREZA
Vemos em nosso Brasil, políticos ganharem mais que professores, muitas vezes com toda roubalheira, ganhando mais do que qualquer empresario decente que paga impostos e não vê no final do ano o crescimento necessário para o fortalecimento de sua empresa.

Então meus amigos, para que estudar tanto, para ser politico, é preciso se filiar a um partido, que num final é uma empresa de recadar dinheiro, se tornar uma pessoa articulada ou se candidatar sem money e sem dinheiro mesmo para vê se ganha na loteria.
Estudar para que, ser politico, é elegante, em pleno calor brasileiro, você anda de terno quase todos os dias, não trabalha no final de semana, além disso temos auxilio palito, auxilio doença, auxilio moradia e auxilio sacanagem.

O nosso Brasil só tomará jeito realmente quando encarar que só Educação de qualidade e gratuita de fato irá mudar os rumos de nossa Nação.
Até lá viveremos essa Balburdia que estamos acostumados a ver todos os dias, um país sem rumo a décadas com pobrezas aparentes e muita falação sem resultado efetivo de nada.
Eita País que humilha seu cidadãos, eita Brasil confuso...



(Autor: Victor Hugo-Jornalista e Ator)

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

CULTURA ESCRAVIDÃO E CONHECIMENTO

"No Brasil temos uma cultura vinda da escravidão, que coloca o próprio Brasileiro como um simples servo.

Quando começamos a ter uma alto sensibilidade e uma visão da dita realidade que nos cerca. Começarmos a aperceber do problema que temos pela frente.

No qual nada mais é do que acreditar em nossos próprios sonhos, por mais malucos que eles pareçam ser, sempre terá alguém tão louco como você, que terá a coragem de comprar essa realidade projetada pela sua mente.

Acredito hoje, que eu estou num momento de vislumbrar, de cair na ação, na execução de boas ideias em prol de uma comunidade, em prol de um coletivo, que busca melhoras sociais efetivas e duradouras para o seu crescimento como cidadãos.

E Deus me jogou aqui no Maranhão, propriamente em Chapadinha-MA, não foi para brincar, e sim para mostrar a todos que posso e devo contribuir dentro da sociedade levando o meu conhecimento, adquirido com longos anos de estudo e labuta.

Aqueles que buscam o conhecimento, como forma de libertação, como uma forma de se liberar frente as mazelas existentes.

Devido a isso, às Artes Cênicas, vieram dês do Teatro Grego, a ter um poder politico de comoção".

(Autor: Victor Hugo/Ator)